• Editora Sucesso

É preciso atenção ao escolher cosméticos para uso na gestação

Diversos cuidados são fundamentais para não comprometer a saúde da mãe e do bebê


A gestação é uma fase especial na vida da mulher. Porém, diversos cuidados são fundamentais para não comprometer a saúde da mãe e do bebê, por exemplo, a escolha de cosméticos. A dermatologista Luciana Garbelini explica por que o assunto merece atenção. "Durante a gravidez, o corpo da mulher passa por várias mudanças, entre elas o aumento da capacidade de absorção da pele. Componentes do que a mãe passa na pele podem parar na corrente sanguínea que, neste período, pode sofrer um aumento de até 50% no volume devido a gestação. Por isso, a partir da descoberta da gravidez, várias substâncias que antes eram usadas rotineiramente pela mãe, passam a ser vetadas para preservar a saúde da mãe e do bebê", explica a especialista.





A escolha correta dos cosméticos também pode evitar possíveis reações alérgicas na gravidez. "É comum que a pele da mãe fique mais sensível, respondendo de maneira negativa aos cosméticos comuns, inclusive os que eram usados rotineiramente antes da gestação", explica Garbelini.


Cosméticos orgânicos para a saúde da mãe e do bebê


Por serem livres de substâncias que prejudicam a saúde do corpo e da pele, cosméticos orgânicos certificados acabam sendo os mais recomendados para gestantes. "Para um cosmético ser orgânico ele precisa ser livre de substâncias como: silicones, ftalatos, sulfatos, corantes, petrolatos, parabenos, óleo mineral e fragrância sintética. Por não terem esses componentes, eles acabam sendo bem recomendados para uso durante a gestação e amamentação porque não colocam em risco a saúde da mãe e do bebê" diz a especialista.


Produtos que cuidam da saúde da mamãe até o pós-parto, sem preocupações, como sabonetes, desodorante, creme preventivo para estrias, shampoo e condicionador organic-poo, loção hidratante corporal, sérum facial clareador, óleo corporal, bálsamo protetor de mamas e loção para aliviar pernas e pés ajudam neste sentido. Entre os produtos mais procurados pelas grávidas está o creme preventivo de estrias. "As estrias surgem com o estiramento da pele. Na gestação isso é comum porque a pele do quadril, seios e barriga estica por causa do bebê. No entanto, em consultas, a maioria das pacientes pedem indicações de cremes para estrias porque é difícil encontrar no mercado esse produto sem os ingredientes perigosos para a saúde da mãe e do bebê", relata a dermatologista. "As grávidas costumam enjoar facilmente, sem contar que são mais sensíveis a cheiros. Então é muito comum elas terem mais sensibilidade com algumas fragrâncias que antes faziam parte do dia a dia. Por conta disso é normal que optem por cosméticos sem cheiro para diminuírem as chances de enjoos", finaliza.


12 visualizações
Publicidade