• Editora Sucesso

‘Confie nos Monstros’, um livro para ajudar as crianças a lidar com suas emoções

Com técnicas de 'mindfulness', lançamento da Editora Melhoramentos, promove o autoconhecimento dos pequenos desde cedo



Quem assistiu ao filme da Pixar, Divertida Mente, certamente ficou impactado. A história mostra como as emoções funcionam dentro da cabeça de uma garotinha de 11 anos, a Riley. Não tem como não se identificar porque, ainda que o roteiro seja lúdico, ele expressa o que passamos desde o dia em que nascemos até o que partimos. Esse é o espírito do lançamento da Editora Melhoramentos Confie nos Monstros, escrito pela terapeuta em saúde mental para crianças e especialista em terapia lúdica, Lauren Stockly. Em suas coloridas páginas, as crianças vão conhecer o pequeno Ezzy, uma criança que começou a ser ‘assombrada’ pelos seus sentimentos, mas aprendeu a lidar com eles depois de uma ajuda especial.

A verdade é que o menino só queria se aproximar dos monstros que eram coloridos e felizes, como a Alegria e a Calma. Só que na vida as demais emoções insistem em aparecer, das mais variadas formas e quando Ezzy se depara com os que considera feios, fedorentos e assustadores - a Raiva, a Tristeza e o Medo - não conseguia encontrar a Calma para amenizar. O resultado? Zumbido na cabeça e formigamento no corpo.

Isso não podia continuar. Já estava atrapalhando até seus estudos. Por não saber lidar com as emoções, até as coisas que mais gostava estavam perdendo o sentido… Então, ele decidiu contar tudo para sua mãe. Ufa! Ao invés de pintar os monstros de cores preocupantes, ela amenizou os tons e disse que eles apareciam, na verdade, para ajudá-lo.

E passou, então, a ensiná-lo a lidar com cada um deles, com a ajuda de uma aliada especial: a mindfulness, ou atenção plena, técnica que ensina a ter consciência dos próprios sentimentos e aceitá-los com compaixão. Com os exemplos que ela deu - todos dispostos nas páginas do livro, é claro - não só Ezzy como as crianças que apreciarem os ensinamentos lidarão de maneira mais fácil os fantasmas que insistem em nos rondar.

1 visualização0 comentário
Publicidade