• Editora Sucesso

Equipe multidisciplinar trata disfagia

Embora o problema remeta diretamente à fonoaudiologia, as alterações da deglutição são diagnosticadas e tratadas por equipe multidisciplinar


As alterações da deglutição são diagnosticadas e tratadas conjuntamente por médicos, enfermeiros, nutricionistas e, fundamentalmente, fonoaudiólogos, que são os profissionais aptos ao trabalho específico da função. A Disfagia não é uma doença por si só, mas um sintoma de que alguma alteração pode estar ocorrendo, sendo imprescindível a orientação e tratamento adequados, pois além de provocar problemas emocionais e isolamento social, traz consequências tais como: desidratação, desnutrição e pneumonia, podendo chegar ao óbito.


“A atenção e o auxílio a pessoas com dificuldades em engolir são importantes para diminuir as complicações provocadas pela Disfagia e, ao sinal de qualquer alteração, deve-se procurar um fonoaudiólogo! ”, orienta Marina Padovani, professora do Curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Dia 20 de março é o Dia Nacional de Atenção à Disfagia. A data foi escolhida porque nesse dia, em 2010, foi publicada a Resolução CFFa (Conselho Federal Fonoaudiologia) nº 383, que dispõe sobre as atribuições e competências relativas à especialidade em Disfagia pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia.

17 visualizações
Publicidade