• Editora Sucesso

Fazer amigos melhora o rendimento escolar

Crianças se sentem mais seguras para desenvolver as atividades propostas em sala de aula quanto têm amigos no colégio

Pesquisas recentes comprovaram que as relações sociais que as crianças mantêm dentro da sala de aula ou na escola impactam na sua capacidade de aprender. Quando têm um amigo no colégio, os alunos passam a se sentir mais seguros. O cérebro daqueles que têm o ambiente de sala de aula ou da escola como socialmente seguro e confortável apresenta diferenças visíveis que favorecem o aprendizado. “Ao sentirem que têm alguém com quem podem contar durante as aulas e além da escola, as crianças ficam mais seguras ao realizarem as tarefas em sala, pois recebem o apoio uns dos outros em tarefas, trabalhos escolares, estudos e provas”, explica o gerente do Colégio Marista Champagnat, de Ribeirão Preto (SP), Everton de Souza.

Diante disso, certamente, os pais devem incentivar que seu filho desenvolva círculos de amizade saudáveis na escola. Afinal, conviver com pessoas fora de seu círculo familiar possibilita o contato com opiniões diversas e ajuda a desenvolver novas habilidades e competências. Ao cultivar amizades, as crianças enriquecem suas habilidades sociais, em especial a gentileza e a empatia (capacidade de se colocar no lugar do outro). Essas competências ajudam a criança a se manter saudável emocionalmente desde os primeiros anos de vida.



Aprender a lidar com as diferenças por meio dos vínculos de amizade também traz um ganho enorme para a criança. E esse ensinamento, certamente, será levado para a idade adulta. Além disso, os laços familiares são reforçados quando uma criança aprende a fazer e manter amigos. É uma forma de aprender o sentido da cooperação, do respeito, da solidariedade e da divisão. Aqui vale aquela máxima: “quem tem um amigo tem tudo!”. E como diria Milton Nascimento - amigo é coisa para se guardar do lado esquerdo do peito. Então, que tal aproveitar a volta às aulas e fazer novos amigos?

26 visualizações
Publicidade