• Editora Sucesso

Procedimentos de fisioterapia podem reduzir as dores da gestação

Especialista indica algumas opções bastante eficazes na melhora da qualidade de vida da mulher grávida

A gravidez é um período de grande importância na vida de qualquer mulher, mas também pode ser marcado por desconfortos e fortes dores no corpo, impossibilitando a gestante de realizar tarefas simples do dia a dia. A fisioterapeuta Patrícia Prieto, do Espaço Patrícia Prieto, em São Paulo, afirma que esses incômodos são imprevisíveis, mas que podem ser reduzidos com alguns cuidados. “Essas dores podem surgir a qualquer momento, mas são ainda mais comuns conforme o aumento do peso. O indicado é que, na hora de dormir, essa gestante se deite de lado e coloque um travesseiro entre as pernas”, explica. Exercícios de respiração e alongamento da cadeira posterior também são grandes aliados no combate a esses desconfortos.

Segundo a fisioterapeuta, procedimentos de fisioterapia e bem-estar são opções bastante eficazes na melhora da qualidade de vida da mulher grávida. “Alguns medicamentos são contraindicados para gestantes, o que nos leva a tratamentos não medicamentosos, como a RPG, a acupuntura, as massagens e a fisioterapia, que a longo prazo evita problemas mais graves”, afirma a profissional.

Acupuntura e drenagem linfática


Hoje bastante utilizada para a redução de dores, a acupuntura também é utilizada para tratar questões relacionadas ao estresse e à ansiedade, além de melhorar a qualidade do sono. A drenagem linfática, ao contrário do que se pensa, não serve apenas para tratamentos estéticos, pois reduz os inchaços do corpo e age contra a retenção de líquido.

Apesar da eficácia desses procedimentos, Patrícia explica que os hábitos da mulher são decisivos para o seu bem-estar durante a gravidez. “É importante evitar o uso de saltos altos, pois eles mudam o eixo do corpo, aumentando a carga sob a coluna. Além disso, fatores como alimentação e qualidade do sono fazem total diferença durante a gestação”, finaliza.

Publicidade