• Editora Sucesso

Sucesso na amamentação: o que fazer e como conseguir?


A enfermeira pediatra Eneida Souza dá dicas de como evoluir na amamentação para um resultado satisfatório para mãe e bebê


A amamentação é uma das maiores expectativas da mulher enquanto gestante. Quando o bebê nasce, para muitas mães, amamentar se torna um ato natural, sem grandes dificuldades. Mas, para a grande maioria das mulheres a realidade é o enfrentamento de muitos desafios. De acordo com a enfermeira pediatra e consultora em amamentação Eneida Souza, a amamentação é um intenso aprendizado entre mãe e bebê desde as primeiras horas de vida. "Para garantir o sucesso deste processo, em muitos casos é necessária muita força de vontade e dedicação", reforça a profissional.





Órgãos como a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e Unicef recomendam a amamentação exclusiva nos primeiros seis meses de vida, no entanto, apenas 39% das mães conseguem atingir esta meta. Pensando nisso, a consultora listou algumas dicas para tornar mais tranquilo e eficaz o processo de amamentar. Confira!


• Não desista: por mais complicado que pareça ser a amamentação no início, não desista! Busque ajuda de um profissional especializado e cerque-se de pessoas que te apoiem neste momento.


• Diga não à rotina nas primeiras semanas: este período é fundamental para que a amamentação se estabeleça, então, procure não impor rotina nos primeiros dias.


• Busque um ambiente tranquilo: estar em um local em que você e o bebê possam sentir-se à vontade acalma e ajuda no processo.


• Procure uma posição confortável: tanto você quanto o bebê devem estar em uma posição confortável durante a amamentação. O ideal é que a barriga dos pequenos esteja em contato com a sua.


• Massageie as mamas antes de amamentar: principalmente nos primeiros meses, massagear as mamas antes de oferecê-las a criança ajuda a deixar a auréola mais flexível facilitando assim a pega correta.


• Proteja os mamilos: as primeiras mamadas podem gerar um desconforto nos mamilos, chegando inclusive a fissurá-los. Se isso ocorrer, evite o contato da pele com tecidos para não piorar a sensibilidade e utilize pomada de lanolina. A concha com base de silicone é uma opção para as mamães nesta situação, assim como o intermediário de silicone.


• Beba bastante água: é muito importante tomar bastante líquido durante o processo de amamentação. A água equivale a 87% da composição do leito materno, portanto, quanto mais ingerir, melhor.


• Tenha calma e paciência: logo o cansaço, a insegurança e os desconfortos vão passar e você vai poder sentir o grande prazer e realização em alimentar o seu bebê.


15 visualizações
Publicidade