• Editora Sucesso

Quarentena: como conciliar maternidade, trabalho e autocuidado

No momento em que as famílias estão convivendo mais, para muitas mulheres, a maternidade tem se tornado ainda mais árdua. Estar em casa, ter que dar atenção aos filhos que estão ociosos e ainda conseguir ter um bom desempenho no trabalho não é uma tarefa fácil. O maior desafio é como desempenhar esses papéis sem anular a si mesma. Pensando nisso, Ninna Lourenço, mãe, avó, e dona da casa de festas infantil Galpão Kids, conta sobre como conciliar a maternidade, os deveres com a empresa e ainda ter um tempo para si, cuidando da própria saúde e autoestima. O segredo da empresária é estabelecer uma rotina. "Eu sempre gosto de ter uma rotina, tanto pra mim quanto para os meninos. Eu sempre atribuo tarefas a eles, desde arrumar a própria cama, como ter obrigações de fazer as tarefas da escola. Além disso, considero importante manter os horários de alimentação e dormir", conta Ninna.





Além disso, ter um tempo de autocuidado é primordial. "Eu gosto de ter um tempo para me exercitar, ler e escutar boas palestras na internet. Vejo isso como prioridade e não abro mão. Gosto de fazer exercício no início do dia, assim me sinto muito mais disposta para realizar as demais obrigações. Leio antes de dormir e vejo as palestras logo quando acordo", revela a empresária. Para auxiliar àquelas que estão tendo dificuldades nesse período de quarentena, Ninna Lourenço listou dez dicas de como organizar as tarefas durante o isolamento social e desempenhar todas as obrigações com maestria.


1 - Organizar a rotina é importante tanto para as mães como para os filhos, pois não se pode confundir com férias. Deve haver horário pra levantar, comer, tomar banho, fazer tarefas de escola e de brincadeiras, tudo bem explicado para os filhos.

2 - Pela manhã ofereça um tempo de qualidade para os seus filhos, para que eles já se sintam "amados" e respeitem os outros afazeres das mães durante o dia. Ele precisa entender que há hora para tudo, mas o carinho e o afeto devem estar sempre presentes para suprir a carência da falta de amiguinhos, escola etc.


3- Mantenha a alimentação saudável e os horários de dormir para todos na casa. Os filhos que estudam, quando voltarem pra escola, não sentirão tanto a diferença. Isso é importante para uma boa qualidade de sono deles também.


4 - Separe atividades lúdicas para entreter os pequenos. Priorize momentos que possam ser compartilhados por toda a família durante um horário determinado. Menos eletrônicos e mais brincadeiras dinâmicas nesse período. Aproveite para se divertir também.


5- Não se martirize se não for perfeita sempre. Em períodos de isolamento social, é comum que às vezes falte paciência para realizar alguma tarefa, a angústia apareça, mas calma. Respire fundo. Mãe também erra, mãe também precisa de colo. Os filhos precisam entender isso para o próprio desenvolvimento pessoal.


6- Aproveite esse tempo em casa e converse mais com os filhos. Entenda as expectativas que eles têm com a escola, com as amizades ou simplesmente os ouça por um tempo. Deixe claro que você também é uma amiga que ele pode confiar em contar as vitórias e os fracassos também, sem perder a autoridade de mãe, claro.


7- Mostre a importância da simplicidade nas coisas. Em período de quarentena, explique para o seu filho o quão importante é um abraço, um beijo, estar perto das pessoas que ama. Os bens materiais e as conquistas profissionais são muito importantes, mas o carinho, o afeto, a união são indispensáveis sempre.


8- Ensine a independência desde cedo. Sendo mãe, sabemos que isso é bem difícil, sempre estamos dispostas e queremos ajudar em todas tarefas. Ainda mais em tempos de pandemia é importante mostrar para eles que determinadas tarefas ou até momentos do dia devem ser feitos sozinhos.


9- Apresente o lado bom do confinamento. No tempo que estão convivendo juntos, conversando mais, brincando, se divertindo. Esse tempo é único, na correria do dia a dia de todos nós, muitas vezes realmente queríamos estar mais perto de quem amamos e não conseguimos. É tempo de reflexão para todos.


10 - Incentive seus filhos a fazerem uma boa ação. Seja na doação de um alimento a um recadinho virtual para os amigos, avós, mostre para ele a alegria de ajudar ou mostrar que se preocupa com o próximo em tempos de pandemia e isolamento social. Detalhes fazem toda a diferença e ele precisa entender isso.

10 visualizações
Publicidade